hoje

Hoje me peguei pensando em você. Abri esse armário pesado, velho, empoeirado onde guardo as minhas lembranças e, por sinal, as lembranças de você estavam ali, numa prateleira ao alcance das minhas mãos. Revivi cada minuto, cada olhar, cada palavra, cada sensação, cada lágrima. Meu coração, já meio calejado, insistiu pra que eu não insistisse, pra que eu guardasse novamente essas lembranças num lugar seguro e lá deixasse – coração com instinto de sobrevivência, quem diria? Então, como um raio, a realidade me atingiu e eu cedi. Guardei de novo todas essas lembranças numa caixa bonita e devolvi a caixa ao seu lugar. Não posso tê-lo novamente. Mas hoje, especificamente hoje, eu te amei de novo.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s