¡adiós!

é pra eu falar então? agora? tá, olha só!
meu bem, meu bem, você me fez tão mal!
será que você não vê, meu bem, que eu nunca dancei no carnaval?
então me deixa de fora, mas me deixa tentar.
é, me deixa dançando, mas me deixa dançando o meu tango, que é isso o que eu sei dançar.
tudo muda, meu bem, e também qual é a graça se não mudar?
será que você não vê, meu bem? todas as vezes que eu parti eu nunca prometi voltar.
e todas as vezes que eu fui, eu nunca prometi ficar.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s